quinta-feira, 19 de julho de 2018

Coup


Saudações

Vanilla Ice de volta, estou aqui novamente para te mostrar outro jogo muito bom e ele se chama Coup, este jogo foi lançado em 2012, a versão brasileira foi lançada em 2014 pela Funbox, ele tem as mecânicas de Toma essa, eliminação de jogadores, jogadores com diferentes habilidades e memória. Ele pode ser jogado por 2 a 10 jogadores. Ele também recebeu alguns prêmios e honras:


Vamos lá então, em Coup os jogadores são chefes de uma família em uma cidade-estado italiana administrada por uma corte fraca, corrupta e repleta de intrigas. Sabendo disso os jogadores tentaram assumir o controle da cidade usando manipulação, blefe e suborno para chegar ao poder. O nosso objetivo é destruir as influências de todas as outras famílias (jogadores), e permanecer com ao menos uma influência na mesa, desta forma você vence o jogo. As influências são representadas por cartas de personagens e estes são: duque, assassino, capitão, condessa, embaixador, cada uma delas possui um poder e ficam de face para baixo em sua área de jogo, nossa mesa fica assim cada jogador começa com duas cartas de influência e duas moedas. O baralho para 3 a 6 jogadores possui 3 cartas de cada influência.





















Essas são nossas cartas de influências:


E aqui suas ações:

O Duque tem o poder Taxas que permite que ele receba 3 moedas. Não pode ser bloqueado.

O Capitão tem poder de Extorquir e você pode pegar 2 moedas de outro jogador. Pode ser bloqueado por outro Capitão ou Embaixador.

O Assassino tem o poder Assassinar que você poder pagar 3 moedas para o tesouro central, em seguida você escolhe um jogador que perderá uma influência. Pode ser bloqueado pela Condessa.

A Condessa tem o poder de bloquear o assassino e não pode ser bloqueada.

O Embaixador tem o poder Trocar com ele você pode comprar 2 cartas do baralho da corte e depois devolver duas cartas para o baralho da corte. Não pode ser bloqueado

Também temos ações gerais que qualquer jogador pode realizar.
Renda: pegue 1 moeda do tesouro central.

Ajuda Externa: pegue 2 moedas do Tesouro Central. (pode ser bloqueado pelo Duque)

Golpe de estado: pague 7 moedas para o tesouro central e aplique um golpe contra outro jogador, esse jogador perde imediatamente uma influência. O golpe é sempre bem sucedido. Se você começar o turno com 10 moedas ou mais será obrigado a dar um golpe.

Neste jogo todos estão com suas influências viradas para baixo, apenas os jogadores sabem o que tem, dessa forma nada impede você de se passar pelo Duque, por exemplo, inclusive essa jogada é bem corriqueira. E é ai que entra a Contestação, qualquer jogador pode contestar o outro jogador, independentemente de estarem ou não envolvidos na ação.

Se um jogador é contestado, ele deve provar que possui a influência mostrando sua carta de personagem, se você realmente a tiver o jogador que te contestou perde uma influência e você deve colocar sua influência no baralho da corte e pegar outra carta. Porém se você não tiver, você perde uma influência. Sempre que um jogador perde uma influência ele escolhe uma de suas cartas e a revela, esta carta fica na mesa até o final da partida.

Outro detalhe importante, só é possível realizar uma dessas ações no turno, então se você declara assassinar, extorquir ou realizar a ajuda externa e outro jogador te bloqueia, você não pode realizar outra ação, você tem a opção de aceitar ou contestar o jogador que está lhe bloqueando. No caso do assassino você paga as 3 moedas primeiro para assassinar e se você for bloqueado você as perde.

Há um perigo duplo do Assassino, se você falhar ao se defender contra um assassino pode perder suas duas cartas de influência de uma só vez. Por exemplo, se você contestar um Assassino usado contra você e perder, você irá perder uma influência por contestar errado, e em seguida outra influência pelo assassinato bem sucedido. Ou se blefar sobre ser a Condessa para bloquear o assassinato e for contestado, você perderá uma carta para a contestação e em seguida perderá outra para o assassinato, então tome cuidado.

Após estarem familiarizados com jogo, é legal usar a variante: Inquisidor. 
Ao usá-lo você deve substituir as cartas de Embaixador pelas cartas de Inquisidor, o Inquisidor possui o poder de Trocar em que você pega uma carta do baralho da corte e em seguida devolve uma carta para o baralho da corte, ele também pode Investigar onde ele olha uma carta de outro jogador e pode forçar uma troca. Primeiro o adversário selecionado deve escolher uma de suas cartas viradas para baixo para mostrar para o Inquisidor. O Inquisidor olha esta carta e pode entregá-la de volta, ou forçar o adversário a pegar uma nova carta aleatoriamente do baralho da corte, antes de devolvê-la. 

Agora vocês já estão prontos para jogar com os seus amigos e com a gente, é só seguir o nosso coletivo nas redes sociais e ficar por dentro das nossas ações.  
Facebook: RPG&Cultura
Twitter: @CulturaRPG
Instagram: rpgcultura 
Até a próxima galera!